terça-feira, 27 de julho de 2010

Uma da série "Casos":

- Me odeias, não?
- Não te odeio (risos). Aliás, sabes que... se te odiasse... seria uma coisa boa.
- Boa? Estás louco, só pode.
- O ódio é um sentimento muito forte.
- Porém um sentimento ruim!
- Bom, ruim, tanto faz. Se eu te odiasse jamais te esqueceria.
...
- Queres me odiar?
- Não, nunca. E também não quero te esquecer.
(se olham, meios sorrisos. Se beijam.)

Confesso que teria sido mais bonito se também tivéssemos falado do amor. No entanto, é muito cedo para incluí-lo no tal relacionamento. Por enquanto falamos do amor brincando com o ódio. Já falamos do amor e nem notamos...

2 comentários:

  1. Gabi, teus textos estão cada vez melhores! Demais esse! :) Beijooo

    ResponderExcluir
  2. Boooooooooooooooh.....

    Sem mais... ;D

    ResponderExcluir