sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Carros e Amanhecer

Abro o vidro que me separa do mundo
Posso sentir o cheiro de marcela recém colhida
A manhã que acaricia
Com nuvens coloridas, definidas
E o ar frio que machuca,
Bem de leve, meu nariz.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Sobre o tempo

Ele disse que lembrou de mim e eu não sorri.
Bem, pensei com meus botões, eu não lembrei dele...
Simplesmente não consigo esquecê-lo.
Me entristece ser só uma lembrança guardada na gaveta enquanto ele ocupa todo o meu guarda-roupa
e todo o meu quarto
e todo o meu mundo e meu corpo

Quando eu disser que lembrei dele, aí sim me sentirei liberta
pois por um segundo o terei esquecido e, então, a meu ver,
tudo será possível.
Eu espero.