sábado, 2 de abril de 2011

Metalinguagem

Bicicleta estragada, eles disseram, tem que perguntar na oficina.
- Seu Autino, tem salvação?
- Salvação tem: troca o quadro.
Troca a alma, troca a cor. Já troca as rodas e revende.
Quer saber, seu bicicleteiro? Fica com ela pro senhor!
Pratico aqui a eutanásia e não vou ver o sol se pôr.
Estou em greve, eu queria pedalar... mas minha magrela morreu hoje.

Ah... que falta já sinto dos teus pedais machucando meus pés descalços.

Um comentário:

  1. Gabriela não existe sem sua bicicleta... Um textinho bem tristonho, no final das contas...

    ResponderExcluir