quinta-feira, 14 de abril de 2011

Versos para Corar

- Me bronzeio com a tua lua e ela não me queima.
- Minha lua só enche esta pele de estrelas, para que, em vez do céu, vejas a mim.
- E no teu céu, os relâmpagos me arrepiam. Na tua boca, como a lua ao longe, por trás da lagoa, toco feito em sonho.
- São meus lábios que tremem, por vontade ou medo da tua presença e do temporal...

2 comentários:

  1. o céu e seus componentes sempre rendem bons versos (como estes teus :D) bj, Gabi!

    ResponderExcluir