domingo, 10 de junho de 2012

Todo dia

Todo dia, todo dia, todo dia,
todo dia
toda vez.
Parafraseando cotidianos,
pois toda rotina é igual
em sua diferença,
sei que meu diferente
é enlouquecer tão normal.

Merda,
e olha,
que parafrasear é uma palavra tão bonita.


Um comentário:

  1. nossa, amei tuas poesias. teu blog é fantástico, parabéns! e peço humildemente teu espaço, p'ra fazer uma propaganda (dizem as más línguas que ela é a alma do negócio) das poesias que escrevo. http://escritorescroto.tumblr.com espero que goste e, mais uma vez... parabéns!

    ResponderExcluir