domingo, 25 de junho de 2017

Arear

Hoje areei minhas panelas.
Me agarrei num pedaço de bombril e areei até que a ponta dos meus dedos ficou lisa!
E areei os fundos e as tampas e deixei todas brilhando - ou o máximo que consegui.

Eu nunca tinha areado minhas panelas
mas hoje fiz isso por ti, Mariana.

Fiz isso pois me peguei pensando no teu jeitinho
falando sobre o meu belo conjunto de panelas
e sobre o fato de tu nunca ter imaginado que um dia desejaria ter também um conjunto de panelas como esse.
Ah, a vida adulta!

Que tua mãe tem um conjunto parecido,
também é da Tramontina,
mas que o meu tem fundo duplo
e deu um toque todo especial à tua especialidade:
"O Frango na Cerveja Preta".

A gente é boba, Mariana.
A gente é mesmo.
O que não nos faz melhores nem piores.
Só nos faz humanas.

A gente quer tantas coisas
e tem tantas outras.
Não é que a gente seja mal agradecida,
mas as vezes a gente não enxerga no turbilhão que é a vida.

Obrigada, Mariana!
Eu te amo, Mariana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário