sexta-feira, 30 de junho de 2017

Ser mecenas de sua própria arte

E quem é que acredita em si
o suficiente para patrocinar-se?

E quem é que acredita em si
suficientemente
para investir sem remorso
o capital recebido pelo esforço
(todas as manhãs em que eu não quis acordar
todas as tardes em que eu quis morrer
todos os fins de semana que eu não pude visitar minha mãe)
Investir
em uma obra inacabada
não iniciada
inventada
uma mentira
Quem é que acredita em si?

é preciso ter muita cara de pau mesmo!
convencer-se do próprio "pitching"
inventar o próprio "briefing"
vender-se a si
comprar a própria ideia
sem remorso.

Necessidade ou hobbie?
Dor
ou passatempo?

Fuga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário